Academia Internacional de Coaching

BLOG

Família, equilíbrio, inteligência emocional

Inteligência Emocional para o Relacionamento Familiar

            Sabe aquela pessoa que tem jogo de cintura e lida com as emoções com a maior facilidade, sejam elas boas ou ruins? Aquela que tem o dom de entender o que o outro sente com facilidade? São aquelas que possuem IE, capazes de identificar os sentimentos com mais facilidade e têm a habilidade para lidar melhor com as emoções e as pessoas.

 

            A Inteligência Emocional (IE) é uma das habilidades mais importantes hoje em dia, seja para o sucesso na carreira profissional ou para cultivar relacionamentos familiares mais felizes.

 

           E para terminar nossa série de artigos sobre este assunto, hoje trouxemos um pouco da atuação da IE para ter um relacionamento familiar saudável, tanto no relacionamento entre cônjuges (temos um artigo especial para vocês AQUI) quanto com outros membros da família.

 

         O desenvolvimento de IE te faz entender o que o outro sente, e assim, é possível estabelecer um vínculo mais profundo e positivo, tornando o ambiente familiar mais acolhedor.

 

       A empatia e a compreensão podem evitar muitos conflitos e desentendimentos, além de favorecer uma boa convivência familiar.

        Na educação dos filhos, as habilidades relacionadas à IE são fundamentais para criar pessoas saudáveis emocionalmente e com ferramentas que podem ajudar a ter uma vida bem-sucedida.

 

 

Para aplicá-la a fim de melhorar as relações familiares, siga algumas dicas:

 

  • Tenha uma postura de aceitação e compreensão: construa um ambiente de compreensão dentro de sua casa, busque aceitar cada um dentro da família como a pessoa é. Compreenda que ninguém é perfeito e que cada um tem uma forma de agir.

 

             Exercitar a empatia e a compreensão é fundamental para que haja um ambiente no qual os sentimentos possam ser expressos sem medo e as pessoas se sintam acolhidas.

 

 

  • Tenha respeito sempre: o respeito precisa estar de mão dadas com a compreensão. Respeite as diferenças de opinião e de postura e saiba o momento de falar e ouvir.

 

            Leve em consideração os sentimentos e as emoções do próximo e respeite a forma de expressão das pessoas, não menosprezando o que elas estão sentindo.

 

          As crianças, principalmente, precisam aprender a lidar com os próprios sentimentos e, às vezes, têm reações exageradas frente a algumas situações. Respeite os sentimentos de seus filhos e oriente as crianças a compreender a si mesmas.

 

 

  • Passe tempo com sua família: é imprescindível ter um tempo para a família, fazer atividades juntos, conversar e conhecer melhor quem são as pessoas do seu lar para que o vínculo e o entendimento aumentem a cada dia.

 

          Esteja presente sempre que possível e se entregue a estes momentos de convívio.

 

 

  • Escute: faça-o com atenção, tenha o coração aberto para ouvir de verdade, sem julgamentos. Isso abre portas para o diálogo e para a comunicação.

 

 

  • Perdoe: o perdão é a chave para resolver conflitos de forma positiva e para ter uma vida familiar cheia de paz. Não prolongue uma situação já resolvida, guardando mágoas e trazendo à tona problemas passados.

 

         Talvez um dos maiores benefícios de desenvolver esta habilidade seja a realização pessoal por conseguir ir em frente mesmo em meio às dificuldades e aos desafios, além de ter grande participação no auxilio para conquistar seus objetivos. 

 

          Abordamos muito este assunto, por termos a certeza de que o seu controle emocional pode e vai te levar mais longe! Pensando nisso, desenvolvemos o Freedom, um dos maiores seminários de inteligência emocional do país, usando técnicas e ferramentas modernas que promoverão mudança instantânea em você.

 

         O Freedom irá te ajudar a identificar seus pontos fortes, pontos de melhoria, e colocar tudo isso em prática. Conheça mais sobre o treinamento acessando a página oficial do FREEDOM, e não deixe de participar da nossa próxima edição!

 

Sobre a Academia Internacional de Coaching 

          A Academia Internacional de Coaching (AIC) foi criada em 2007, com a missão de promover o empoderamento individual em pessoas dedicadas no foco para constante evolução e autoconhecimento.

 

    Buscamos proporcionar experiências de valor com consequências para os três pilares: pessoal, profissional e espiritual.

 

        Trabalhamos com excelência em todos os aspectos e entregamos um estilo de vida regido por uma metodologia única, com resultados comprovados, primando sempre pelo desenvolvimento constante do ser humano.

CONTINUE LENDO
Vida profissional, sucesso e equilíbrio

Inteligência Emocional para Vida Profissional

      A IE é um fator diferencial para o sucesso profissional. Atualmente, ninguém se mantém empregado, mesmo sendo bom no que faz, se tiver uma postura disfuncional do ponto de vista comportamental.

 

          A IE ajuda muito os profissionais a terem uma postura positiva e a desenvolverem habilidades importantes no meio corporativo, como empatia, flexibilidade, visão sistêmica, habilidade para estabelecer relacionamento e trabalhar em equipe. Tudo isso é mais fácil para quem tem a capacidade de compreender rapidamente os sentimentos e as emoções nas diversas ações do dia a dia.

 

           Esta habilidade também é decisiva em uma boa liderança. Muitos líderes têm dificuldade em trabalhar com suas equipes e motivá-las ao crescimento simplesmente porque lhes falta IE.

 

         Para quem quer se destacar em sua área de atuação, desenvolver essa inteligência é essencial para o ambiente de trabalho. Saiba algumas das habilidades que você deve trabalhar:

 

  • Autoconhecimento: investir em autoconhecimento é fundamental para ter sucesso. É importante conhecer suas emoções e reações para expressá-las com clareza e gerenciá-las da melhor forma possível. Saber quais são suas reações em determinadas situações te ajudam a se preparar melhor, proporcionando mais autocontrole e confiança em si mesmo. Ele também ajuda a lidar com o estresse de um ambiente corporativo.

E para você que precisa melhorar seu autoconhecimento, preparamos o e-book Autoconhecimento: Tudo que você deve saber sobre Self Coaching para te ajudar com isso.

 

 

  • Empatia: a capacidade de se colocar no lugar do outro e se interessar pelos sentimentos do próximo ajuda muito a construir relacionamentos e estabelecer um bom convívio. A empatia também ajuda a compreender melhor as nuances dos relacionamentos pessoais, além de ajudar em negociações e a engajar as pessoas.

 

 

  • Resiliência: aprender a lidar com os contextos mais diferentes e complexos sem se deixar derrotar ou abater facilmente. Ter uma capacidade de adaptação, de superar obstáculos e ter flexibilidade ajuda muito a lidar com mudanças e pressões da rotina profissional.

 

 

  • Motivação: manter-se motivado frente aos desafios de um ambiente corporativo é muito importante para alcançar resultados sólidos. Encarar as metas como ferramentas de desenvolvimento sem perder o engajamento faz muita diferença no dia a dia. Um bom profissional precisa ser o motor de si mesmo, se automotivando diariamente.

 

           Se você quer mais dicas para ser um profissional melhor, baixe o nosso e-book 6 Dicas para conquistar sucesso profissional.

 

           Falamos muito sobre Inteligência Emocional nos últimos artigos, porque ela é a base para o alcance dos objetivos, da estabilidade e do equilíbrio. A Academia Internacional de Coaching tem mais de 10 anos de experiência no mercado, e durante todo o tempo vem montando programações pensadas especialmente para te auxiliar na realização dos seus sonhos.

 

          Foi assim que surgiu o FREEDOM, um seminário de IE para te capacitar a conhecer suas emoções e ter controle sobre elas!

 

          No Freedom nós trabalhamos ferramentas que vão te ajudar se conhecer melhor. Identificar seus pontos fortes, pontos de melhoria, e colocar tudo isso em prática.

 

          O principal tema trabalhado no Freedom é a inteligência emocional, mas outro tema importante abordado são as crenças. E todos nós temos crenças, que nos limitam e nos fortalecem! O Freedom traz tudo isso a tona, fazendo a pessoa perceber que ela tem muito mais pontos fortes e que ela consegue alcançar o que sonha.

 

Veja a entrevista do Master Coach Fernando Albuquerque sobre o Freedom:

 

Escolha evoluir e ser melhor todos os dias. Conte com a ajuda da AIC para isso, acesse a página oficial do FREEDOM e fique por dentro de todos os detalhes do evento.

CONTINUE LENDO
relacionamento, inteligência emocional, equilíbrio

Inteligência Emocional: aprenda a cuidar do seu relacionamento

         Inteligência emocional na vida amorosa! Quando se trata de assuntos do coração, as pessoas se deixam levar apenas pelos sentimentos, deixando a razão de lado. Mas os bons relacionamentos são marcados pelo equilíbrio entre razão e emoção, que é à base da IE.

 

Por isso, desenvolver habilidades associadas à IE pode nos ajuda a construir e manter um relacionamento amoroso sólido. Saiba algumas dicas importantes para essa área:

 

 

  • Compreenda a si mesmo: ter autoconhecimento é essencial para entender os próprios sentimentos, as emoções e saber como lidar com eles. É preciso saber o que queremos de um relacionamento, quais são nossos limites, o que nos faz bem e o que nos magoa. Dessa forma, fica mais fácil estabelecer um vínculo com a outra pessoa. Para você precisa melhorar seu autoconhecimento, preparamos o e-book Autoconhecimento: Tudo que você deve saber sobre Self Coaching para te ajudar com isso.

 

  • Compreenda o outro: o relacionamento é feito de duas pessoas diferentes. Por isso, exercite a compreensão e empatia a todo o momento.

 

  • Comunicação: ter uma boa comunicação com o parceiro é fundamental, e se você tem dificuldade com isso, veja o e-book Como a PNL pode ajudar em sua vida, e solucione suas falhas de comunicação. Fale sobre seus sentimentos de forma clara e sem ataques. Mas não se trata apenas de falar, e sim escutar o que o outro tem a dizer de forma aberta. Tanto a fala quanto a escuta devem ser livres de julgamentos para manter o canal de comunicação aberto.

 

  • Pense antes de agir: que tal respirar um pouco antes de responder de forma grosseira ao parceiro? Todas as vezes que pensamos antes de tomar uma atitude temos a oportunidade de evitar situações desastrosas, que podem nos magoar e ao próximo.

       A IE também ajuda a lidar melhor com eventuais separações ou decepções amorosas. Saiba algumas atitudes que podem te ajudar a sair da fossa:

 

  • Reflita: após um rompimento, permita-se refletir sobre o relacionamento que acabou e tente aprender com ele. Entenda sua parcela de culpa na história e reconheça seus sentimentos neste momento, nomeando o que você sente, para que fique mais fácil lidar com as emoções e superar.

 

  • Tenha controle: permita-se sentir todo o turbilhão de sentimentos que vem nessa fase, mas mantenha o controle. Não se deixe levar por emoções, e não aja por impulso.

 

  • Evite os impulsos: pense nas consequências dos seus atos para evitar que ações por impulso. Muitas vezes, a falta de controle e a dor nos fazem tomar atitudes que tornam a situação ainda pior.

 

  • Encerre: sofra, chore, mas não se acomode nesta situação. Cada pessoa tem seu tempo, mas não se prolongue no luto. Busque novos interesses e encerre de vez o ciclo, para se abrir a novas possibilidades.

 

           Ter IE neste momento é essencial. Vai te ajudar a ser uma pessoa motivada e capaz de superar e seguir apesar dos desafios que a vida impõe.

 

E para você que almeja ser uma pessoa com inteligência emocional no amor e em todas as outras áreas da vida, precisa conhecer e participar da 2º edição do FREEDOM! Um seminário de IE que trabalha todas as áreas da vida ao mesmo tempo, te ajudando por meio de técnicas, há melhorar seu dia a dia e principalmente, assumir o controle da sua vida. Saiba mais acessando a página FREEDOM.

CONTINUE LENDO
Inteligência Emocional

Inteligência Emocional para Empreendedores

    O que você faria se existisse uma forma de fazer seu negócio crescer e ser um empreendedor de sucesso, sendo você o único responsável por isso? Veja…

 

    Na hora de avaliar as competências necessárias para se tornar um empreendedor, muitas vezes as pessoas pensam apenas em qualidades tangíveis: diplomas, cursos, planejamento, experiência no setor, capacidade intelectual, entre outras. Todos estes pontos são muito importantes, mas excluem toda a parte emocional e psicológica envolvida no ato de empreender.

 

   Em sua trajetória no empreendedorismo, você enfrentará diversas situações que testarão sua força mental. Lidar bem com esses cenários pode representar a diferença entre o sucesso e o fracasso do seu negócio – e também podem afetar a sua vida pessoal. 

 

    Para te auxiliar neste caminho, hoje eu quero deixar algumas dicas para você aplicar na sua vida e ter bons resultados. vamos lá?

 

04 Dicas fundamentais para gerir suas emoções

 

● Comece com o autoconhecimento:

 

    É o primeiro passo para melhorar. Muita gente me pergunta: mas como desenvolvo o autoconhecimento? Há desde as dicas tradicionais, como ter um coach ou um terapeuta e ter um olhar atento para si mesmo, mas também há tarefas práticas e de curto prazo que você pode realizar para se conhecer melhor.

 

    Uma delas é convidar três ou quatro pessoas próximas a você para descobrir sobre seus pontos fracos e fortes. Pergunte a elas: você me chamaria para te ajudar a resolver que tipo de problema? E em que situação você jamais lembraria de mim para te ajudar a resolver? Talvez elas digam que você seria ótimo para resolver um conflito entre pessoas.

 

   Outra alternativa é fazer um inventário comportamental. Existem várias ferramentas de diagnóstico de personalidade. Elas podem dizer muito sobre um indivíduo e dar informações como: você é atento ao detalhe? Dá espaço para o outro? Gosta de construir junto? É centralizador?

 

● Identifique características que você precisa desenvolver e pratique o autocontrole

 

     Uma vez que você começa a perceber as características com as quais você tem mais dificuldade, pode decidir desenvolvê-las. E decidir é uma das palavras chaves no processo de trabalhar a sua inteligência emocional. Para que haja mudança, é preciso que a pessoa tenha uma vontade genuína de mudar e esteja disposta a praticar novos hábitos. A mudança precisa fazer sentido, seja porque você se incomoda com a maneira como se comporta hoje ou porque realizar melhor o seu trabalho exige o desenvolvimento de outras habilidades. Qual é o seu incentivo para investir tempo e energia nisso?

 

● Valorize seus pontos fortes e saiba delegar 

 

   Conheça e valorize seus pontos fortes, aquelas características que você apresenta naturalmente. São elas que serão o seu diferencial como pessoa ou profissional.

 

     Por exemplo, vejo como meus pontos fortes a comunicação, a criatividade e a paixão por pessoas. Sei que me desenvolvo muito mais vivendo experiências em ambientes diversos do que passando horas lendo livros teóricos. Porém, tenho que me esforçar para organizar meus pensamentos e para cumprir minha agenda de compromissos. Como essas características são fundamentais para o sucesso do meu negócio, não posso delegá-las. Ao mesmo tempo, tenho dificuldade de cuidar de rotinas e controles operacionais, mas essas funções eu posso delegar. Assim, trouxe pessoas para o time que fazem isso de maneira brilhante.

 

● Peça feedback para continuar o ciclo virtuoso

 

   Para garantir que você está melhorando e continuar o processo de autoconhecimento, busque feedback. Isso lhe permitirá entender como outros enxergam o processo de mudança e te motivará a encontrar novos pontos para melhorar.  Sabemos que, no caso dos empreendedores, motivação para fazer cada dia melhor é o que não falta!

 

Principais testes  mentais que todo empreendedor enfrenta

▶ Adversidade: O surgimento de um novo concorrente, por exemplo, exigirá que você responda a altura. Você precisará de resiliência para lidar com o estresse e os desafios de ser um empreendedor.

 

▶ Pressão: Investidores, clientes e funcionários estarão em cima de você para resolver todo e qualquer problema. Você deve ser capaz de lidar com a pressão e agir de forma competente.

 

▶ Responsabilidade: Será  necessário assumir a responsabilidade pelo sucesso e pelo fracasso do seu negócio e da sua equipe.

 

▶ Finanças: A quantidade de dinheiro que você terá na sua vida dependerá exclusivamente do sucesso do seu empreendimento. A não ser que você já tenha capital o suficiente para absorver um fracasso, você terá que lidar com a pressão dos resultados na empresa impactando a forma como você poderá levar a sua vida.

 

▶ Liderança: Ser um líder exige uma grande força mental. O empreendedor será responsável por uma equipe e seu desempenho será um reflexo direto de sua liderança. Você precisará exibir o controle emocional para guiar seu time por diferentes situações.

 

▶ Solidão: Um dos aspectos que menos chamam a atenção na rotina de um empreendedor é o quão solitário você pode se sentir. Em uma posição de comando, você não tem ninguém na mesma altura. A responsabilidade é somente sua. Você precisará saber lidar com isso e identificar quando um tempo de descanso e  meditação pode ser necessário.

 

    O Cérebro é uma máquina sensacional, e sempre trará para nós aquilo que buscamos mais, e a medida que se repita, ele cria uma rotina automatizada, cria um hábito.

 

 Como preparar sua mente diariamente para vencer

    O pensamento tem poder… Você está disposto a permitir que sua mente mude para melhor? Está pronto para assumir o destino da sua vida? O primeiro passo é mudar seu Mindset Empreendedor, ou seja, mude sua mente!

 

     Seu mindset é formado pelas suas crenças e valores. Por isso que se você estiver insatisfeito com os resultados que está vivendo, é preciso reconfigurar, deletar os programas ruins, instalar alguns outros e manter os que são realmente importantes e essenciais em pleno funcionamento.

 

   A base para um mindset empreendedor é inteligência emocional. Por mais desafio que possa parecer, ajustar o Mindset é uma questão de treino diário, então vamos lá.

 

Postura positiva: Traga a sua mente coisas positivas, lembranças felizes, pessoas que você gosta. Momentos felizes e assim você vai trazer ao seu inconsciente um pensamento e uma postura positiva em relação os desafios daquele dia.

 

● Faça um diário: Toda vez que se encontrar preso ou enfrentando um desafio na vida, escreva seus pensamentos em um diário. Isso permitirá que você tire os obstáculos da sua cabeça e consiga se separar do impacto da experiência. Isso traz o cérebro consciente ao jogo, enquanto reduz os efeitos do cérebro inconsciente, emocional. Sabe o que isso significa? Que ainda é possível vencer obstáculos mentais.

 

Exercício: Tal hábito é comprovadamente positivo, capaz de melhorar a rotina em todas as áreas de sua vida e aumenta a sua autoconfiança geral. Os exercícios também lhe darão energia para superar os desafios da vida que você pode estar enfrentando.

 

Comemore seus sucessos: Anote todos os êxitos que você conseguiu em sua vida, o que você conseguiu no dia anterior. A qualquer momento que você experimentar uma vitória, pare e celebre-a. Isto conduzirá o seu cérebro a manter as  ações que o  reconduzirão àquela emoção agradável.

 

Programe a sua confiança: Se você falar sobre algo, é um sonho; se você imaginar algo, é possível; mas se você o programar, é real. Tudo o que você quer, o que desafia você, coloque no calendário e programe tudo.

 

    Espero que tenha gostado dessas dicas!  Se quiser saber mais sobre os benefícios de desenvolver inteligência emocional leia o artigo ❝Inteligência Emocional para o Relacionamento Familiar❞ e aplique também na sua vida pessoal. Mas agora, se você quiser mesmo se desprender de emoções negativas, abrir sua mente e encontrar equilíbrio em todas as áreas, conheça o Freedom.

 

CONTINUE LENDO
Coaching e inteligência emocional

De que forma o coaching pode ajudar em sua inteligência emocional?

               A inteligência emocional consiste na capacidade de uma pessoa manter o controle sobre seus sentimentos. A ausência de autocontrole leva à tomada de decisões extremas e à perda de oportunidades importantes. Em situações como essas, a ajuda de um coaching pode ser muito produtiva no sentido de desenvolver o autocontrole emocional.

 

       Se você, ou alguém próximo, está passando por dificuldades no sentido de dominar a parte emocional, confira nossas dicas. Preparamos uma pequena lista para ajudar você a entender como o coaching pode ajudar no controle emocional.

 

Coloca você no controle da situação

               Ter domínio sobre as emoções e trabalhar a inteligência emocional gera benefícios em todos os aspectos da vida: profissional, amoroso, familiar, etc. Ter controle sobre os próprios sentimentos permite agir adequadamente em qualquer situação. Isso porque controlando os sentimentos, controlamos também nossas atitudes e, assim, evitamos ações desnecessárias — desencadeadas por sentimentos também fora do controle.

 

           A estratégia de coaching consiste em não tomar a decisão pelo cliente, mas ajudá-lo a chegar às suas próprias conclusões. Trata-se de não obrigar o cliente a fazer algo que ele não deseja ou não está apto a realizar. Pelo contrário: a estratégia consiste em fazer com que o cliente raciocine por si mesmo até encontrar a melhor solução para determinada situação.

 

          O processo de coaching emocional desenvolve-se com foco na essência e nos desafios de cada pessoa, e por essa razão, cada processo é único. As qualidades que precisam ser desenvolvidas em uma pessoa não são as mesmas para outra. Dessa forma, o coaching implica, sobretudo, em um caminho de autoconhecimento emocional, que leva o indivíduo ao desenvolvimento dos próprios potenciais e à resolução dos próprios problemas.

 

 Elimina atitudes nocivas

 

       O coaching é um processo que conduz ao aperfeiçoamento. Dessa maneira, tão importante quanto saber quais atitudes são as mais adequadas é saber aquelas que devem ser abandonadas. De nada adianta adquirir novos hábitos se os antigos vícios não forem deixados de lado. Mediante o processo de coaching, é possível identificar as próprias fraquezas emocionais e, então, trabalhar no autoaperfeiçoamento emocional.

 

    Não obstante, para alcançar esse desenvolvimento, é necessária muita dedicação diária durante um longo período de tempo. É preciso, antes de tudo, identificar os próprios desequilíbrios e aprender a estar vigilante em relação às próprias fraquezas, para então passar a controlá-las.

 

         Ninguém derrota um inimigo que não conhece. Eliminar as atitudes nocivas é um dos mais importantes passos rumo à inteligência emocional.

 

 

Faz com que você foque nos objetivos

 

          O coaching ajuda a manter o foco, independentemente das dificuldades que apareçam no caminho até seus objetivos. O processo ajuda o profissional a estruturar sua própria agenda de trabalho no sentido de organizar o seu tempo de modo mais proveitoso para si mesmo. As ferramentas de coaching focam nas suas necessidades e nos seus objetivos, além do autoconhecimento.

 

            O que você achou do nosso texto sobre os benefícios que o coaching pode proporcionar para sua inteligência emocional? Ficou com alguma dúvida? Leiam também o artigo Benefícios Pessoais e Profissionais do Coaching, nele explicamos mais sobre as várias formas que um Coach pode fazer a diferença na sua vida.

 

Compartilhe suas experiências e opiniões conosco deixando um comentário aqui. E não deixa de conferir os outros artigos do blog!

CONTINUE LENDO

SOBRE A ACADEMIA INTERNACIONAL DE COACHING

Há 10 anos acreditei no poder de um sonho de longa data… E o coloquei em prática! Há uma década, o desejo de promover a transformação na vida... Continue lendo

FAÇA UMA BUSCA

SIGA-NOS

Acompanhe a Academia Internacional de Coaching nas redes sociais.